sábado, 7 de novembro de 2009

Dilma ensaia tom eleitoral, chama oposição de 'incompetente' e ataca imprensa

O título acima é de uma nota do UOL Notícias, íntegra aqui.

A ministra, esganchada num boçal que tem 80% de aprovação popular, que se orgulha de sua competência e capacidade de gestão, e apesar da candidatura declarada, ainda que não registrada, consegue miseráveis 15% em qualquer pesquisa que se fizer. Já a oposição, apesar de sua "incompetência", sem um candidato claramente definido, consegue 40%. Como dizia o macaco aquele, do programa aquele: não precisa explicar, eu só queria entender.

Talvez seja por este motivo que eles querem abolir a democracia que chamam de "representativa" – como se a democracia precisasse de rótulos – por uma imbecilidade chamada de democracia "participativa". Ou seja, danem-se a constituição e as leis. O que vale é a popularidade do governante da vez. E tome bolsa isso, bolsa aquilo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário